Melhores iscas para pescar no outono

Quando começa a surgir aquele ventinho frio logo vem à cabeça estar em um lugar coberto, aquecido e a dificuldade na pesca. Porém nem tudo são problemas, há uma queda na produtividade de cada saída, mas usando a técnica certa, tudo pode se ajustar. E como tudo começa pela isca, falemos das melhores para o outono.

Lagos e reservatórios

Com a chegada do frio a superfície da água de lagos e reservatórios tende a esfriar durante a noite, e durante o dia, se misturar com a água do fundo que está mais aquecida. Isso acaba deixando os peixes mais inativos.

Rios

Por estarem em constante movimento (ainda que em movimento lento) os rios tendem a ter uma temperatura mais uniforme entre a superfície e o fundo, deixando os peixes mais ativos na busca por alimento.

Mar

Já o mar é praticamente o contrário do lago: quando esfria melhora o transporte de oxigênio pela água, o que deixa peixes mais animados a saírem atrás de alimento.

Difícil sim, mas não impossível

Que o frio torna a pescaria mais difícil é inegável, porém nos dias que antecedem uma frente fria (comum durante o outono e inverno), os peixes tendem a buscar mais alimento para, quando o frio efetivamente chegar, eles possam diminuir o ritmo de suas atividades. Iscas à média profundidade são descartadas justamente por essa região ser onde se misturam as águas mais quentes do fundo com a água fria da superfície, os peixes evitam ficar ali pois perdem muito calor corporal. Existem algumas iscas artificiais que podem ajudar na busca por aquele troféu:

– Wake Baits/Hélices: elas são iscas de superfície que, por ficarem mais próximas de onde a água tende a aquecer durante o dia, faz com que os peixes do fundo saiam para buscar alimento e ao ver a isca, a tenham por presa fácil abocanhando de primeira.

– Iscas de fundo: dependendo da espécie escolhida ela tende a ficar espreitando mais próxima do fundo, e sabendo do frio que se aproxima, vê na “ingenuidade” da isca a busca por alimento ficar mais fácil, o que facilita.

No frio algumas espécies simplesmente deixam de aparecer com a mesma frequência do verão, como se estivessem em stand by, esperando alguns dias de calor no meio dos dias frios. Porém algumas espécies parecem não sentir tanto e até são mais frequentes no outono do que em épocas quentes. Boa parte das espécies de rios e lagos gostam de pequenos peixes enquanto as espécies marinhas têm predileção por crustáceos e camarões.

Para finalizar

No começo pode parecer complicado, afinal no outono temos menos horas de sol por dia, mas persistindo e tendo paciência certamente aquele belo troféu virá! Que tal inovar e usar uma vara de fly na próxima pesca? Não as conhece? Acesse nosso próximo artigo e conheça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Free WordPress Themes, Free Android Games
X